Castração: um ato de amor!

0

Castração: um ato de amor!

A castração (orquiectomia) trará mais benefícios para o seu bichano e para você também. Ele se tornará mais tranqüilo na medida em que deixar de ser afetado pelos hormônios ligados à sexualidade o que acarreta, dentre outros, a perda de pêlos e a baixa de imunidade, pondo em risco a saúde dele.

A obsessão pelo sexo os faz deixar de se alimentarem corretamente, e, por isso, sua imunidade é afetada, abrindo portas para que doenças oportunistas surjam. Uma vez castrados, o instinto de fuga para encontrar a companheira(o) serão menores bem como a demarcação de território também.

Estudos comprovam que a castração diminui as chances de tumores nas fêmeas e de inflamação da próstata e testículos nos machos em quase 99% dos casos. A castração é um ato de amor à vida.

Acrescente-se às razões a necessidade imperativa de controle de natalidade dos animais, de maneira geral, pois é absolutamente nossa a responsabilidade do destino dos futuros filhotes. Visamos o combate ao abandono e maus-tratos dos animais por pessoas inescrupulosas.

CASTRANDO SEU GATO

A castração é um  cirurgia muito simples e de rápido período de recuperação. Alem de prevenir gravidezes indesejáveis, castrando seu gato macho ajudará a mitigar alguns problemas comportamentais encontrados em todo macho, e lhe ajudará evitar algumas condições médicas também, também.

  • Machos castrados são menos prováveis de marcar território ejaculando urina de forte odor devido aos hormônios
  • Machos castrados vão perder o estimulo do instinto para brigar
  • Machos castrados serão menos prováveis de tentar fugir
  • Machos castrados não sofrerão ferimentos e abscesso por brigarem
  • Machos castrados serão menos prováveis de contraírem doenças como PIF e FeLV
  • Machos castrados não serão sujeitos de câncer nos testículos
  • Machos castrados são menos prováveis de desenvolverem “Calda de Reprodutor”, causadas pelas glândulas super-ativas  da calda
  • Machos castrados possuem risco decrescido de câncer mamário.
  • Machos castrados são menos alérgicos.

Basicamente, você tem todas as razões para castrar o seu PET macho. Ele será uma companhia muito mais agradável, e, principalmente, feliz e saudável.

CASTRANDO SUA GATA

Todas as pessoas que já viveram a miserável experiência de ter sua gata quase constantemente tendo seus ciclos de cio com alta freqüência irão atestar que essa não é uma experiência agradável. Os miados alto, freqüentemente acompanhados de ejaculação de urina, para atrair o macho, são evidencias que elas estão fisicamente com dor, no mínimo desconfortável e infeliz.

Colocando de lado o real e grande problema da superpopulação, existem razões de saúde para você castrar a sua gata.

  • Diminui o risco de câncer das mamário.

Idealmente, para evitar o risco do câncer mamário, a gata deve ser castrada antes do seu primeiro cio. Cada cio subseqüente trás grande risco para o desenvolvimento do câncer mamário um tempo depois.

  • Elimina o risco de câncer ovariano e uterino

A castração envolve a retirada o ovário e do útero. Sem órgãos, sem câncer. Simples como isso!

  • Elimina o risco de piometra

Piometra é um bactéria virulenta que ataca o útero da gata, uma semana após o cio da gata, e é potencialmente um infecção fatal.

Tanto os gatos como as gatas passam a se alimentar menos, baixando a imunidade e o que os tornam mais susceptíveis às enfermidades.

O antigo adágio: ”Se você não for parte da solução, será parte do problema”, é particularmente aplicável a uma prenhes indesejada.

Seja bem vindo à solidariedade pelo compromisso da posse responsável!!!

Ronaldo & Fenanda

Deixe um comentário