CASTRAÇÃO: mitos e verdades (prós e contras)

25

O que não falta são recomendações e campanhas referentes à castração de animais. Mas também não faltam certas indagações. A castração é mesmo necessária? Há contra-indicações? Boas perguntas – e aqui estão boas respostas.

Comunicação por Marcação

A marcação territorial é uma forma mais permanente de comunicação que ass posturas ou vocalizações. Permite que o gato deixe informações visuais e olfativas que permanecem por muito tempo após a sua partida. Desse modo, o gato pode delimitar espaço próprio para evitar encontros, encontrar o dono do território pelo cheiro e controlar a reprodução. A marcação territorial fornece informações a respeito do indivíduo e da identidade sexual, do tempo que o gato permaneceu no local e da fase do ciclo reprodutor desse gato.

Afinal, o que é castração?

A castração nada mais é que a extração dos testículos nos machos, e nas fêmeas a retirada do útero e ovários – de cães, gatos, seres humanos, bois e outros bichos – por meio de cirurgia, e pode ter várias finalidades, como remover doenças nos testículos e próstata, zerar a possibilidade de gravidez indesejada, reduzir a atividade sexual, a agressividade e a impetuosidade. Os testículos, além de esperma, produzem testosterona, o famoso hormônio que comanda o ímpeto sexual e a agressividade dos machos (daí o uso do verbo “castrar” como sinônimo de censurar e reprimir.

Além de se tornarem menos impetuosos, cães e gatos castrados exalam menos “cheiro de macho” / “cheiro de fêmea” e, portanto, são menos vulneráveis à agressão territorial de outros machos ou fêmeas.

Quando e como castrar

O felino pode ser castrado em qualquer idade, mas a melhor é bem cedo, por volta dos seis a oito meses de idade. Esse é o período aproximado da “adolescência”, quando o gato descobre o prazer sexual (além do “prazer solitário” de se esfregar em almofadas, pernas humanas ou o que mais aparecer). E é quando é menor a possibilidade de ele desenvolver tumores de próstata e hábitos agressivos como marcar território.

O felino, após um exame médico geral (inclusive quanto a sensibilidade a anestésicos), recebe anestesia geral, e normalmente não precisa permanecer no hospital, voltando para casa logo após a cirurgia – que dura cerca de meia hora. No caso de gatos Persas, é muito importante que a cirurgia seja realizada com anestesia inalatória. Com esse tipo de anestesia há poucos riscos pós-operatórios, como a vontade de ele lamber ou morder o local operado ou sair correndo e estourar os pontos. O felino pode precisar usar aqueles colares altos que o deixam parecendo um “abajur”, para evitar que ele mastigue o local operado. É bom evitar que ele se agite muito e verificar se há ruptura ou sangramento nos primeiros cinco dias após a cirurgia. O retorno ao veterinário para a retirada dos pontos costuma ser após sete a dez dias.

Nunca é demais lembrar: a castração não é reversível, e o bichano castrado não poderá mais gerar peludinhos. Cuidado com veterinários baratinhos cujo serviço pode sair caro.

Mitos da castração

A importante prática da castração costuma motivar mal-entendidos e equívocos; vamos comentar os mais comuns, na esperança de que se tornem cada vez menos comuns.

“Todo gato deve ser castrado”

Obviamente, felinos “empregados” como reprodutores, ou cujos donos queiram “constituir família”, não devem ou necessitam ser castrados. Afinal de contas, se todos fossem castrados a raça canina acabaria desaparecendo. Vale lembrar que no caso de gatos de pedigree, deve se levar em conta, reproduzir bichanos de mesmo padrão de qualidade oficial da raça,  para que não se desperdice a qualidade genética daquele de melhor padrão.

“A castração resolve todos os problemas de temperamento felino”

Não! A castração não substitui a socialização, apenas os complementa, e não deve ser interpretada como “fórmula mágica” ou “penúltimo recurso” (antes do sacrifício) para felinos que marcam território ou são muito agressivos (no sentido de anti-sociais).

“Castração faz engordar”

O que engorda não é a castração em si, e sim o aumento de apetite e conseqüente excesso alimentar que podem advir, além da preguiça e menos atividade em peludos mais pacatos.

“Fêmeas não marcam, apenas gatos machos”

A grande maioria dos machos quando não castrados até os 8 meses marcam território. Fêmeas também marcam. A marcação não é apenas dos machos.

“A castração é prática anti-natural”

Já não basta os seres humanos terem de ouvir que usar preservativo é pecado? Anti-natural é adotar um cão/gato e não lhe dar a atenção e conforto devidos! Posse “Responsável”!

“Gatos castrados param de marcar território”

Isso depende da idade do gato ao ser castrado e se ele ainda não havia começado a marcar território – ou seja, fazer xixi em locais para marcar o máximo de território. Entretanto, mesmo se castrados mais tarde, a maioria deixa de marcar território.

O IMPORTANTE É SABER QUE A MAIOR RAZÃO DO ABANDONO DE FELINOS É DEVIDO AO HÁBITO DA MARCAÇÃO DE TERRITÓRIO. Considere isso em sua decisão!

COMENTÁRIOS (25)

  • Veterinária Happy Dog.
    18/06/13

    É injusto manter um animal não castrado domiciliado, ele precisa dar vasão as suas necessidades sexuais. Sem castração ele será mentalmente torturado.

    Carlos Henrique
    CRMV/RJ 4010

  • Ester
    31/07/17

    Meu gato foi castrado porem continua fora de casa com miado de cio e marcando território sera que realmente foi castrado?

  • Solange araujo
    11/08/17

    Meu gato não é castrado mas ele é muito arisco e muito anti social por isso não castrei ele pode vim adoecer quando ficar mais velho

  • gatilpetitgato
    22/11/18

    Sim, um gato não castrado e que não acasala regularmente tende a ter câncer nos testículos e se for fêmea cãncer nas mamas.

  • gatilpetitgato
    22/11/18

    ESter, se o seu gato vive sem a companhia de outro gato esta é a razão mais provável para este comportamento. Se tem companhia então muito provavelmente existe outra coisa que o incomoda. Gatos castrados depois de algum tempo deixam de marcar território pelo estímulo sexual, mas não é apenas o estímulo sexual que o faz marcar território.

    http://gatilpetitgato.com.br/2015/09/gatos-sao-seres-solitarios-necessitam-companhia/

  • rosana cristina gama barreto
    02/01/19

    oi boa tarde, meus gatos sao cegos, ja fizeram 8 meses, não consegui castrar, porque a veterinaria não localizou os testiculos e agora fazem xixi pela casa toda e so usam a caixa de areia para fazer coco…o que fazer?,,tem algum remedio pra dar?

  • gatilpetitgato
    02/01/19

    Rosana, A Orquiectomia é o termo cirúrgico que descreve a ação de retirada
    dos testículos em seres humanos e animais. A Criptorquidia, também chamada de criptorquismo, criptorquia, distopia
    testicular, escroto vazio ou testículo não descido é caracterizado pela não
    migração de um ou dois testículos do abdome (local aonde estes se
    desenvolvem durante a vida intra uterina) para a bolsa escrotal. Mesmo neste caso os testiculos continuam a produzir os hormônios da sexualidade e, pode ser por isso, os seus gatos continuem a marcar território. O fato dos testículos não terem descido não é impescílio para extraí-los. Para localizá-los basta procurá-los na região abdominal através de um Ultrason, que, uma vez localizados, um bom Médico Veterinário Cirurgião consegue extraí-los. É o que sugerimos como primeiro passo, pois é o mais provável razão deles estarem marcando território. Mas existem outras razões. Irei colocar um Post sobre as razões de demarcação de território.
    .

  • Elaine Orquiza
    25/01/19

    O meu gato começou marcar território, não sei o que fazer…castrando ele para?? Ou existe a possibilidade de não adiantar mais?

  • Michelle Gulfier Anisimenko
    01/07/19

    Olá.
    Meu gato (adulto) castrou recentemente e não perdeu o hábito de marcar território.
    Digo até que piorou. Tem marcado em tudo.
    O que devo fazer?

  • Raquel Spalla
    08/08/19

    Meu gato é castrado há 9 anos, castrado com seis meses, nunca marcou território, adotei outro este ano, já castrei também com 5 meses…o mais novo vai fazer um ano. E hoje vi o mais velho, que sempre foi tranquilo, fazendo xixi na parede, marcando território. Pode ser pq o outro está amadurecendo, mesmo castrado?

  • Elizier Flores Passos
    15/11/19

    Os meu gatos não são castrados, será que depois de castrados resolve?

  • Samy
    28/01/20

    Eu adotei uma gatinha ,que estava vindo na garagem do meu condomínio, ela nos via, pois tenho filhos .E vinha com carícias e nos dávamos, pois amamos animais. E nisso não resisti ver ela vindo sempre correndo quando. Nos via e a coloquei dentro de casa.
    Muito boazinha e linda ,muito bem cuidada. Mais não sei se ela fugiu ou foi abandonada,porém meu menino viu a barriguinha dela e ela tem um fio de nylon preto ,então parece ser castrada a pouco tempo .
    O que fazer ? E quais cuidados tomar. Ela tem um hábito de levantar o bumbum e querer fazer igual macho marcar ,território porém não sai nada .O que é isso ,será por conta da castração ?

  • gatilpetitgato
    29/01/20

    Samy,
    Respondendo às suas perguntas:
    O que fazer?
    O fio de nylon preto precisa ser retirado. É um procedimento muito simples para qualquer Veterinário, mas para quem não conhece pode ser meio complexo. Se fosse você a levaria num bom veterinário porque ela merece este cuidado.

    E quais cuidados tomar.
    Muitos cuidados você deverá tomar para assumir a posse dela de forma comprometida. São seres vivos que requerem cuidados diariamente. Existe muita informação importante na seção DICAS E ARTIGOS deste site.
    https://gatilpetitgato.com.br/categoria/dicas-e-artigos/

    Ela tem um hábito de levantar o bumbum e querer fazer igual macho marcar ,território porém não sai nada .O que é isso ,será por conta da castração ?
    Este comportamento é totalmente normal principalmente porque ela deve ter sido castrada recentemente e, por esta razão, ainda existe os estímulos dos hormônios da sexualidade atuando. Não se preocupe com isto. E este comportamento não tem nada a ver com ela querer marcar território. Qualquer gato pode marcar território, mas por outras razões, inclusive por viver sozinho sem a companhia de outro gato. Pode obter mais informações na mesma seção indicada acima.
    Parabéns por resgatá-la. Que Deus lhe recompense em dobro.

  • Suelane
    23/04/20

    Eu tenho uma gata que encontrei na rua ja prenha, coloquei ela dentro do carro e levei para minha casa, so que eu ja tinha um gato macho porem arrisquei em cuidar dos dois esperei ela dar cria depois de 1 mes que ela deu cria eu optei em castrala pois nao queria q ela reproduzisse. Dnovo pois acredito que ela ja tenha dado ojtras cria antes de eu tirar ela da rua, depois que eu castrei ela, ela so faz dormi so levante pra comer usar a caixa de areia e vai dormí dnv. So que meu gato macho nao é castrado e ele sempre dar nela qnd ela ta bem quietinha ele vai la e dar nela, oq eu faço? Se eu castrar ele tbm ele para de dar nela ? Pq territorio ele sai marcando e eu fico feito uma louca limpando o dia todo

  • gatilpetitgato
    23/04/20

    Olá, fez super bem em castrar a gata. O seu gato já devia ter sido castrado desde os 6 meses de idade. Se tivesse sido castrado não teria começado a marcar território. Ele bate porque ele é um gato inteiro, quer acasalar com a gata, mas percebe que ela não quer. A primeira coisa a fazer é mantê-los em ambientes separados. A gata não pode viver apanhando dele. Ela pode adoecer pelo stress causado por esta hostilidade existente, isso se não for ferida gravemente por ele. Você deve castrá-lo o mais rápido possível. Depois de algum tempo da castração a maioria dos machos deixam de marcar território por razões da sexualidade (existem outras razões do gato (fêmea ou macho) marcarem território. Você pode ler sobre isso na Sessão DICAS e ARTIGOS do nosso site. Boa sorte

  • Vania
    03/05/20

    Oi Boa noite eu peguei um gatinho já adulto na rua ai resolvi castra . Ele nunca tinha marcado territorio antes . Um dia depois da castração disparou em marcar territorio mas graças a Deus dentro de casa não é so rua aqui do meu condomínio sempre que saio com ele para passear pois ele mia de mais da conta para sair para rua sera que e por que no meu predio tem duas gatas femias castradas . ? Ele vai parar com isto é se acalmar um pouco pois ele mia muito mesmo o que eu faco ?

  • Barbara
    09/07/20

    Boa noite eu tenho um gato q marca muito território a minha casa fica com
    Cheiro muito forte da urina dele
    Eu tenho um bebe não sei mas o q fazer pra q ele pare de marcar território
    Se castrar será q ele melhora ?

  • Luana
    27/09/20

    Boa noite, adotei um gatinho e hj ele tem 7 meses tenho outro de 1 ano e meio porém os dois sempre se deram muito bem dormem juntos brincam enfim, levei o menor p castrar pois o outro já é castrado.
    Voltamos da castração e no dia seguinte ele começou a mijar somente no sofá e na cama coisa q nunca aconteceu , será que é marcação de território? Pois nunca fez isso antes somente agora.

  • gatilpetitgato
    27/09/20

    Luana bom dia.
    Existem muitas razões para o gato marcar territória. A primeira delas é devido aos hormônios e impulsos relativos à sexualidade, razão pela qual devem ser exterilizados quando o gatinho é para companhia apenas. Podem existir problemas de doenças do trato urinário também. Pode ser devido a vontade de chamar atenção para si próprio ou por alguma insatisfação ou ciúmes. Me parece que a mais provável razão seja esta última.

  • gatilpetitgato
    27/09/20

    Barbara, bom dia.

    Leia os 3 Posts sobre a questão da marcação, do uso inapropriado da caixa sanitária) e sobre a castração. A maior razão da marcação de território de gatos machos ou fêmeas é devido a sexualidade, dos hormônios e impulsos sexuais, portanto, castrar o gato é fundamental, caso contrário ele pode ir ficando até perturbado mentalmente ao longo dos anos. Além de castrá-lo é necessário ver se ele não está precisando de atenção e carinho o que pode levá-lo a marcar território como forma de chamar atenção. Outra questão a observar é se ele não está com nenhuma doença no trato urinário.

  • gatilpetitgato
    27/09/20

    Vania, bom dia.
    Castrando a uma chance grande do gato parar de marcar território, mas esta não é a única questão. Se o gato não tem a companhia de outro gato ele vive infeliz. A vida dele fica sem graça. Leia os 3 Posts sobre a questão da marcação, do uso inapropriado da caixa sanitária) e sobre a castração. A maior razão da marcação de território de gatos machos ou fêmeas é devido a sexualidade, dos hormônios e impulsos sexuais, portanto, castrar o gato é fundamental, caso contrário ele pode ir ficando até perturbado mentalmente ao longo dos anos. Além de castrá-lo é necessário ver se ele não está precisando de atenção e carinho o que pode levá-lo a marcar território como forma de chamar atenção. Outra questão a observar é se ele não está com nenhuma doença no trato urinário. Leia o Post abaixo:
    https://gatilpetitgato.com.br/2015/09/gatos-sao-seres-solitarios-necessitam-companhia/

  • gatilpetitgato
    27/09/20

    Castrando a uma chance grande do gato parar de marcar território, mas esta não é a única questão. Leia os 3 Posts sobre a questão da marcação, do uso inapropriado da caixa sanitária) e sobre a castração. A maior razão da marcação de território de gatos machos ou fêmeas é devido a sexualidade, dos hormônios e impulsos sexuais, portanto, castrar o gato é fundamental. Além de castrá-lo é necessário ver se ele não está precisando de atenção e carinho o que pode levá-lo a marcar território como forma de chamar atenção. Outra questão a observar é se ele não está com nenhuma doença no trato urinário. Leia o Post abaixo:

  • gatilpetitgato
    27/09/20

    Raquel, bom dia
    Pode ser que ele esteja querendo chamar atenção sua para ele devido a talvez algum ciúme do outro gato.

  • gatilpetitgato
    27/09/20

    Elaine, bom dia.

    Existem muitas razões para o gato marcar território. A primeira delas é devido aos hormônios e impulsos relativos à sexualidade, razão pela qual devem ser exterilizados quando o gatinho é para companhia apenas. Podem existir problemas de doenças do trato urinário também. Pode ser devido a vontade de chamar atenção para si próprio ou por alguma insatisfação ou ciúmes. Há grandes chances depois de algum tempo que for castrado pare de marcar território.

  • gatilpetitgato
    27/09/20

    Michelle, bom dia.
    Existem muitas razões para o gato marcar território. A primeira delas é devido aos hormônios e impulsos relativos à sexualidade, razão pela qual devem ser exterilizados quando o gatinho é para companhia apenas. Podem existir problemas de doenças do trato urinário também. Pode ser devido a vontade de chamar atenção para si próprio ou por alguma insatisfação ou ciúmes. Há grandes chances depois de algum tempo que for castrado pare de marcar território. Caso ele não tenha a companhia de outro gato a solidão entedia a vida dele. Leia o post abaixo:
    https://gatilpetitgato.com.br/2015/09/gatos-sao-seres-solitarios-necessitam-companhia/

Deixe um comentário